Home » blog » Mau hálito é falta de higiene?

Mau hálito é falta de higiene?

posts

Mau hálito é falta de higiene?

Essa é a pergunta de hoje do “Pergunte ao Dr. Maurício Conceição”, enviada em minhas redes sociais

Muitos posts, vídeos e artigos nas redes sociais afirmam que o mau hálito ocorre por falta de higiene, enquanto outros afirmam justamente o contrário. Entretanto, eu vou discordar das d afirmações, porque ambas estão apenas parcialmente corretas.

O mau hálito é sim falta de higiene, porém, de uma higiene feita da forma correta e com produtos que tragam ótimos resultados. Tanto isso é verdade que os pacientes que atendo na Clínica Halitus escovam os dentes e limpam a língua muitas vezes ao dia, só que normalmente de uma forma incorreta ou com produtos que prejudicam o hálito.

De nada adianta saber a forma correta de usar os produtos para higiene dos dentes, língua e garganta, mas usar aqueles que tem uma qualidade duvidosa e da mesma forma, utilizar bons produtos só que de forma inadequada, também não trará bons resultados.

E são esses 2 cenários que vejo na Clínica Halitus diariamente. Tanto atendo pacientes que usam ótimos produtos só que incorretamente, como outros, que até sabem como usar os produtos, mas utilizam aqueles que agravam o mau hálito, a boca seca e a alteração de paladar, especialmente por conter álcool ou lauril sulfato de sódio em suas formulações.

A HIGIENE BUCAL VAI MUITO ALÉM DOS DENTES

As 3 principais causas do mau hálito são provocadas por placas bacterianas que se formam na língua, dentes, gengiva e amígdalas. São a saburra ou biofilme lingual, a placa bacteriana dental que é responsável pelas doenças de gengiva e cáries e os cáseos amigdalianos, que é uma placa bacteriana que se forma nas criptas amigdalianas, pequenas cavidades existentes nas amígdalas. Então, em outras palavras, o mau hálito provocado por essas 3 causas é essencialmente de origem bacteriana, o que faz total sentido, pois a boca é o segundo lugar no corpo humano que mais tem bactérias, ficando atrás apenas do intestino grosso.

Essas bactérias vivem em equilíbrio e não provocam maiores problemas, a não ser que tenham alimentos de sobra. No caso das bactérias que causam a cárie, elas só vão causar problemas se tiverem um excesso de carboidratos ou açúcares na dieta, não é mesmo? E no caso de bactérias que causam o mau hálito, elas se alimentam de proteínas, especialmente pelezinhas que se descamam dos lábios e bochechas por diversos motivos, como a respiração bucal, o ronco, produtos contendo álcool, baixa produção de saliva, hábito de mordiscar os lábios, bochechas ou os dedos, etc.

Essas pelezinhas na realidade são pedacinhos microscópicos de carne crua, não é?

E qual o cheiro da carne crua quando entra em decomposição?

Além dessas pelezinhas, as bactérias também se alimentam de restos proteicos alimentares, salivares ou mesmo do muco que se acumula em nossa garganta. Quando essas fontes de proteina são degradadas pelas bactérias, serão liberados gases derivados de enxofre que darão ao hálito um odor desagradável, formando como produto final a saburra lingual, a placa bacteriana dental e os cáseos amigdalianos.

Dessa forma é essencial aprender a técnica correta de higiene dos dentes, gengiva, língua e garganta, com produtos que tragam os melhores resultados possíveis. Mas lembre-se, para manter o hálito fresco e agradável, essa higiene bucal completa deve ser praticada diariamente.

Se você quiser aprender a conquistar e sempre manter um hálito fresco e agradável, me siga nas redes sociais (@drmauricioconceicao). E caso você também queira ter a sua pergunta comentada aqui, envie a sua dúvida ou sugestão clicando na aba contato.

Pra saber mais,  baixe o aplicativo Halitus no Google Play ou App Store e tenha acesso a muitos conteúdos em texto, vídeo e áudio e também a clínicas profissionais em todo o Brasil, conheça os testes para avaliar o seu hálito e sua segurança, encontre produtos auxiliares confiáveis para a halitose e boca seca e saiba mais sobre os meus cursos online, tanto para profissionais iniciantes como para os mais experientes.

Sobre o autor

Dr. Maurício Duarte da Conceição - CRO SP: 34.205
- Cirurgião Dentista, proprietário da Clínica Halitus, com 6 mil tratamentos de halitose realizados pessoalmente e da Empresa de Produtos Halitus, desenvolvidos para auxiliar o diagnóstico e tratamento da halitose e boca seca
- Pós-graduado em Halitose (Especialização) pela São Leopoldo Mandic - Campinas / SP
- Mestre em Psicologia pela Universidade São Francisco - Itatiba / SP
- Membro fundador e ex-presidente da Associação Brasileira de Halitose (ABHA)
- Autor do livro Bom Hálito e Segurança! Metas Essenciais no Tratamento da Halitose, publicado em Português e em Espanhol, a mais completa obra já publicada sobre o tratamento do mau hálito
- Palestrante em Congressos Nacionais e Internacionais e autor de artigos científicos publicados no Brasil e no exterior, nas áreas de Halitose e Boca seca 
- Especialista de Dentística Restauradora pela USP - Bauru / SP

CADASTRE-SE E RECEBA

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Fique tranquilo(a). Seus dados não
serão compartilhados com terceiros