Home » blog » Boca Amarga, o que pode ser?

Boca Amarga, o que pode ser?

posts

Na sessão de hoje do “Pergunte ao Dr. Maurício Conceição”, a dúvida enviada em nossas redes sociais é: Boca Amarga, o que pode ser?

A boca amarga não é uma doença e sim um sintoma de diversos problemas, tanto de origem bucal como sistêmica, ou seja, de dentro do organismo.

Esse é um assunto relativamente complexo e o capítulo do meu livro Bom hálito e Segurança, que trata das alterações de paladar, é um dos mais extensos, com 30 páginas.

Os fatores locais que podem causar a boca amarga são a baixa produção de saliva, a saburra lingual, os cáseos amigdalianos, as doença de gengiva, o uso de enxaguatórios ou creme dentais que contenham clorexidina ou lauril sulfato de sódio e lesões na camada externa da língua provocadas por traumas, infecções virais ou micóticas.

Já a boca amarga que ocorre como consequência de problemas em outros locais do organismo são o uso de medicamentos, a carência de vitaminas ou de zinco, a hipoglicemia, as alterações metabólicas fisiológicas como o jejum prolongado ou os desequilíbrios hormonais pela gravidez, período pré-menstrual ou menopausa.

Além disso, a boca amarga pode raramente ser causada por uma lista enorme de doenças ou alterações, tais como:

•           Envelhecimento;

•           Ansiedade;

•           Uso de medicamentos;

•           Alterações neurológicas centrais ou periféricas;

•           Carência nutricional de vitaminas ou micronutrientes;

•           Síndrome de Sjögren;

•           Alterações metabólicas fisiológicas ou desequilíbrios hormonais (gravidez, período pré-menstrual, menopausa);

•           Alterações como o hipotireoidismo;

•           Diabetes;

•           Mal de Alzheimer;

•           Doenças do fígado;

•           Enxaqueca;

•           Infecções bacterianas no trato respiratório superior ou no ouvido médio;

•           Acidente vascular cerebral (AVC);

•           Insuficiência renal;

•           Esclerose múltipla;

•           Doença do refluxo gastroesofágico;

•           Uso contínuo de álcool;

•           Transtornos alimentares (anorexia e bulimia);

•           Depressão;

•           Exposição a agentes químicos;

•           Estresse;

•           Uso de medicamentos;

•           Esquizofrenia;

•           Epilepsia;

•           Traumas ou iatrogenias (anestésicos locais e remoção de terceiros molares, cirurgias);

•           Neuropatias;

•           Tabagismo.

Entretanto, em minha experiência clínica, quatro fatores correspondem a mais de 95% dos casos de boca amarga, pelo menos em pacientes com queixa em ter mau hálito. São eles a presença de saburra lingual no fundo da língua, a baixa produção salivar, a carência de zinco na dieta e a tendência à hipoglicemia.

Dessa forma, devido à complexidade do assunto, para determinar a provável causa da boca amarga é preciso realizar uma consulta de avaliação detalhada e minuciosa, como a que realizamos na Clínica Halitus. Em nossa clínica é muito comum que os pacientes que se queixam em ter mau hálito ou boca seca, sofram com a boca amarga.

Isso faz sentido, pois a presença da saburra lingual, a doença periodontal (doenças da gengiva) e os caseos amigdalianos, as 3 causas mais comuns do mau hálito (foto), alteram o paladar, assim como a baixa produção de saliva. E é comum que a queixa de boca amarga faça com que os pacientes acreditem que têm o hálito alterado, o que nem sempre é verdade. E é por isso que uma consulta detalhada deve ser realizada.

As 3 principais causas do Mau Hálito

Se você quiser aprender a conquistar e sempre manter um hálito fresco e agradável, me siga nas redes sociais (@drmauricioconceicao). E caso você também queira ter a sua pergunta comentada aqui, envie a sua dúvida ou sugestão clicando na aba contato.

Pra saber mais,  baixe o aplicativo Halitus no Google Play ou App Store e tenha acesso a muitos conteúdos em texto, vídeo e áudio e também a clínicas profissionais em todo o Brasil, conheça os testes para avaliar o seu hálito e sua segurança, encontre produtos auxiliares confiáveis para a halitose e boca seca e saiba mais sobre os meus cursos online, tanto para profissionais iniciantes como para os mais experientes.

Sobre o autor

Dr. Maurício Duarte da Conceição - CRO SP: 34.205
- Cirurgião Dentista, proprietário da Clínica Halitus, com 6 mil tratamentos de halitose realizados pessoalmente e da Empresa de Produtos Halitus, desenvolvidos para auxiliar o diagnóstico e tratamento da halitose e boca seca
- Pós-graduado em Halitose (Especialização) pela São Leopoldo Mandic - Campinas / SP
- Mestre em Psicologia pela Universidade São Francisco - Itatiba / SP
- Membro fundador e ex-presidente da Associação Brasileira de Halitose (ABHA)
- Autor do livro Bom Hálito e Segurança! Metas Essenciais no Tratamento da Halitose, publicado em Português e em Espanhol, a mais completa obra já publicada sobre o tratamento do mau hálito
- Palestrante em Congressos Nacionais e Internacionais e autor de artigos científicos publicados no Brasil e no exterior, nas áreas de Halitose e Boca seca 
- Especialista de Dentística Restauradora pela USP - Bauru / SP

CADASTRE-SE E RECEBA

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Fique tranquilo(a). Seus dados não
serão compartilhados com terceiros