Home » blog » Porque tem gente que não tem mau hálito?

Porque tem gente que não tem mau hálito?

posts

 

Porque tem gente que não se cuida e não tem mau hálito? é a pergunta de hoje na sessão do “Pergunte ao Dr. Maurício Conceição”, uma dúvida enviada em nossas redes sociais e que muito pacientes também costumam me perguntar.

Da mesma forma que quem tem mau hálito tem motivos bem claros para ter o problema, quem não tem alterações no hálito também tem determinadas características que o protegem contra a halitose.

Para poder responder com uma maior precisão porque determinada pessoa não tem mau hálito, eu teria de examiná-la e fazer alguns testes. Mas, de qualquer maneira, existem alguns fatores que nos protegem contra o mau hálito.

FATORES PROTETORES CONTRA O MAU HÁLITO

Os fatores protetores contra o mau hálito, relacionados às causas indiretas do mau hálito, são:
- ter uma ótima produção de saliva;
- não ser respirador bucal;
- não roncar;
- não ter o hábito de mordiscar lábios, bochechas e o cantinho dos dedos;
- não usar produtos de higiene bucal contendo álcool ou lauril sulfato de sódio em sua formulação;
- evitar, ou ingerir com moderação, alimentos que alterem o hálito;
- controlar o estresse excessivo, com a prática de exercícios físicos regulares; 
- ingerir muita água.

Existem outros 3 fatores importantes que dificultam que a pessoa tenha halitose, relacionados às causas diretas do mau hálito.

O primeiro é o perfeito alinhamento dos dentes e gengiva (foto), o que facilita a sua higiene e dificulta a retenção de placa bacteriana, diminuindo o risco de desenvolver a gengivite e periodontite (doençsa de gengiva), que são a segunda causa mais frequente do mau hálito.

Perfeito alinhamento dos dentes

O segundo fator é a ausência de criptas amigdalianas profundas e fechadas, que são pequenos buraquinhos nas amígdalas, o que também dificultará a formação e retenção de cáseos amigdalianos, que são placas bacterianas que se formam nas amigdalas e que podem causar a halitose.

Finalmente, o terceiro fator para não ter mau hálito são as características das papilas linguais, que são as pelezinhas da língua, principalmente as filiformes, que são as mais numerosas. As papilas filiformes que não são altas e espessas, dificultam a formação e retenção de grandes quantidades de saburra ou biofilme lingual, placa bacteriana que se forma na língua e principal causa do halitose.

Um fator a se considerar é que muitas das pessoas que não se cuidam e aparentemente não tem halitose, na realidade têm mau hálito, mas ou essa só ocorre de vez em quando, chamada de halitose intermitente ou é percebida apenas bem de perto, chamada de halitose leve ou da intimidade.

Resumindo, cada caso tem de ser analisado individualmente, pois sem dúvida alguma sempre existem motivos para ter ou para não ter alterações no hálito.

Se você quiser aprender a conquistar e sempre manter um hálito fresco e agradável, me siga nas redes sociais (@drmauricioconceicao), que sempre estarei postando novos conteúdos . 

Para saber mais, conheça o site PortaldoHalito.com.br e tenha acesso a muitos conteúdos em texto, vídeo e áudio e também a clínicas e profissionais em todo o Brasil, conheça os testes para avaliar seu hálito e sua segurança, encontre produtos auxiliares confiáveis para a halitose e boca seca e saiba mais sobre os meus cursos online, tanto para profissionais iniciantes como para os mais experientes.

Outra opção é baixar o aplicativo Halitus no Google Play ou App Store. Lá você encontrará tudo o que precisa para ter um hálito fresco e agradável, na palma da sua mão.

Até breve!

Sobre o autor

Dr. Maurício Duarte da Conceição - CRO SP: 34.205
- Cirurgião Dentista, proprietário da Clínica Halitus, com 6 mil tratamentos de halitose realizados pessoalmente e da Empresa de Produtos Halitus, desenvolvidos para auxiliar o diagnóstico e tratamento da halitose e boca seca
- Pós-graduado em Halitose (Especialização) pela São Leopoldo Mandic - Campinas / SP
- Mestre em Psicologia pela Universidade São Francisco - Itatiba / SP
- Membro fundador e ex-presidente da Associação Brasileira de Halitose (ABHA)
- Autor do livro Bom Hálito e Segurança! Metas Essenciais no Tratamento da Halitose, publicado em Português e em Espanhol, a mais completa obra já publicada sobre o tratamento do mau hálito
- Palestrante em Congressos Nacionais e Internacionais e autor de artigos científicos publicados no Brasil e no exterior, nas áreas de Halitose e Boca seca 
- Especialista de Dentística Restauradora pela USP - Bauru / SP

CADASTRE-SE E RECEBA

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Fique tranquilo(a). Seus dados não
serão compartilhados com terceiros