Home » blog » Teste o seu hálito com alguém de confiança

Teste o seu hálito com alguém de confiança

posts

Nessa página o Dr. Maurício Conceição vai te ensinar a testar o seu hálito com alguém de confiança, por meio de uma técnica que ele desenvolveu, apresesentou em congressos, publicou em seu livro e recentemente, publicou em um artigo internacional (que você pode baixar no final dessa página).

Esse é o único método seguro para saber como está o seu hálito, além de consultar um profissional qualificado em uma clínica especializada.

Devido à pandemia, esse teste só deve ser realizado por alguém muito próximo a você (irmãos, pais, filhos ou cônjuge), e que não pertença aos grupos de risco da COVID-19: portadores de doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, asma, doença pulmonar obstrutiva crônica, e indivíduos fumantes (que fazem uso de tabaco incluindo narguilé), acima de 60 anos, gestantes e quem deu à luz muito recentemente (puérperas).

Utilize a tabela abaixo para classificar a sua halitose em leve, moderada, severa ou em hálito normal: 

Classificação Halitus do grau de propagação da Halitose

Etapa Número 1:

Comece o teste contando de 1 até 10, a uma distância de 1 metro do nariz do examinador.

Teste do hálito a 1 metro

Se nenhum odor alterado for percebido pelo examinador, não há mau hálito nessa distância. Passar para a etapa seguinte.

Etapa Número 2:

A 30 centímetros de distância do nariz do examinador, conte de 1 a 10.

E também a 30 centímetros de distância, expire um jato de ar pelo seu nariz, com uma expiração lenta e longa, em direção ao nariz do examinador.

Teste do hálito a 30 cm

Se nenhum odor alterado for percebido pelo examinador, não há mau hálito nessa distância. Passar para a etapa seguinte.

Etapa Número 3:

A 15 centímetros de distância, soprar pela boca um jato de ar lento, longo e seco, em direção ao nariz do examinador.

A 15 centímetros de distância, expirar pelo nariz um jato de ar lento, longo e seco, em direção ao nariz do examinador.

Teste do hálito a 15 cm
Se nenhum odor alterado for percebido pelo examinador, significa que seu hálito está normal, sem alterações

Independente do resultado, normal ou alterado, você pode fazer o teste em outros dias e horários.

Se o hálito estiver alterado sempre que você fizer o teste, significa que sua halitose é constante.

Se tem dias em que você tem mau hálito e em outros não, significa que sua halitose é intermitente.

E se todas as vezes que testar o hálito ele estiver normal, parabéns. Isso significa que você tem uma rotina correta de hábitos de higiene bucal e de alimentação, que evita que as principais causas do mau hálito se manifestem.

Caso você tenha mau hálito, procure ajuda com um profissional qualificado no tratamento da halitose. Mau hálito tem tratamento!

Pra saber mais,  baixe o aplicativo Halitus no Google Play ou App Store e tenha acesso a muitos conteúdos em texto, vídeo e áudio e também a clínicas e profissionais em todo o Brasil, conheça os testes para avaliar o seu hálito e sua segurança, encontre produtos auxiliares confiáveis para a halitose e boca seca e saiba mais sobre os meus cursos online, tanto para profissionais iniciantes como para os mais experientes.

Referências dos estudos utilizados nesse artigo:

1- Conceição MD. Técnica diagnóstica da origem das halitoses por meio dos testes organolépticos bucal e nasal.  Bom Hálito e Segurança! Metas Essenciais no Tratamento da Halitose. 1 ed. Campinas - SP: Arte em Livros; 2013. p. 125-33.

2- Conceicao M, Marocchio L, Giudice F. Diagnostic Technique for Assessing Halitosis Origin Using Oral and Nasal Organoleptic Tests, Including Safety Measures Post Covid-19. J Dent Oral Sci. 2020;2(4):1-19. (clique para baixar o artigo)

Sobre o autor

Dr. Maurício Duarte da Conceição - CRO SP: 34.205
- Cirurgião Dentista, proprietário da Clínica Halitus, com 6 mil tratamentos de halitose realizados pessoalmente e da Empresa de Produtos Halitus, desenvolvidos para auxiliar o diagnóstico e tratamento da halitose e boca seca
- Pós-graduado em Halitose (Especialização) pela São Leopoldo Mandic - Campinas / SP
- Mestre em Psicologia pela Universidade São Francisco - Itatiba / SP
- Membro fundador e ex-presidente da Associação Brasileira de Halitose (ABHA)
- Autor do livro Bom Hálito e Segurança! Metas Essenciais no Tratamento da Halitose, publicado em Português e em Espanhol, a mais completa obra já publicada sobre o tratamento do mau hálito
- Palestrante em Congressos Nacionais e Internacionais e autor de artigos científicos publicados no Brasil e no exterior, nas áreas de Halitose e Boca seca 
- Especialista de Dentística Restauradora pela USP - Bauru / SP

CADASTRE-SE E RECEBA

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Fique tranquilo(a). Seus dados não
serão compartilhados com terceiros